Atores que morreram de forma incomum

  • Sharebar

1673: Molière, o ator e dramaturgo francês, morreu depois de ser tomado por um ataque de tosse violento, quando fazia o papel em sua peça “Le Malade imaginaire” (O hipocondríaco).

1923: Martha Mansfield, uma atriz do cinema americano, morreu após sofrer queimaduras graves no set do filme “The Warrens of Virginia”. Um de seus colegas de cena acendeu um cigarro próximo ao figurino de Martha – repleto de babados, camadas e tecidos altamente inflamáveis – fazendo com que a roupa incendiace quase que instantaneamente.

1939: A atriz finlandesa Sari Sirkka morreu ao cair numa chaminé. Ela estava em uma festa do elenco comemorando a conclusão de um filme, quando confundiu uma chaminé com uma varanda e caiu dentro de uma caldeira de aquecimento, morrendo instantaneamente.

O ator era conhecido pelo seu gosto pela bebida. E foi num momento em que aproveitava de seu hábito em um bar na ilha de Malta, local em que foi rodado o filme, que acabou morrendo. Como faltavam apenas três cenas, o diretor Ridley Scott recriou digitalmente o rosto do ator e o colocou no corpo de um dublê.

1973: Bruce Lee, um artista marcial e ator americano, oficialmente teria morrido por uma reação alérgica grave ao analgésico Equagesic (medicamento composto de aspirina e relaxante muscular). O cérebro dele tinha inchado cerca de 13%.
Ela estaria fazendo dois longas ao mesmo tempo: “Operação Dragão” e “Jogo da Morte”.

O ator Humphrey Bogart morreu de câncer de esôfago. A doença foi diagnosticada na época em que ele gravava o filme “A Trágica Farsa” (“The Harder They Fall”), que só pôde ser concluído porque o ator Paul Frees, que também aparece no longa como um pastor, interpretou a personagem de Bogart nas cenas finais.

1982: Vic Morrow, ator, foi decapitado por uma hélice de helicóptero durante as filmagens de Twilight Zone: The Movie. Dois atores mirins, Myca Dinh Le (que foi decapitado) e Renee Shin-Yi Chen (que foi esmagado) também morreram.

1984: Tommy Cooper, o comediante pastelão britânico, morreu de um ataque cardíaco durante o seu show ao vivo na televisão. O público continuou a rir enquanto ele estava caido no palco, pensando que era parte do ato. Seguindo o princípio de que o show deve continuar, seu corpo foi deixado no palco, as cortinas se fecharam, e ao mesmo tempo foram feitas tentativas de reanimá-lo. Os outros atores continuaram o ato.
1984: Jon-Erik Hexum, um ator de televisão norte-americana, morreu depois que atirou na própria cabeça com uma arma durante uma pausa nas filmagens (Cover Up). Ele jogava roleta russa com um revólver carregado com um único cartucho vazio.
1993: o ator Brandon Lee, filho de Bruce Lee, foi baleado e morto por Michael Massee, usando uma pistola de suporte durante as filmagens do filme “O Corvo”. A arma não estava em boas condições de uso, sendo usada numa cena de morte. Ninguém da equipe percebeu de imediato, pois achavam que o ator estava atuando na cena.

About Admin